Para conquistar um estilo de vida saudável, a alimentação balanceada deve ser uma das prioridades do dia a dia. Nesse caso,  é preciso muito cuidado para não deixar os micronutrientes de fora.

Antes de montar seu prato, é importante saber que os micronutrientes são essenciais para o funcionamento do organismo, colaboram com seu bem-estar e podem ser encontrados em diversos alimentos. Porém, precisam ser consumidos na medida certa.

Continue lendo e saiba mais sobre os principais exemplos de micronutrientes. Veja também para que servem, onde encontrá-los, a importância e as vantagens de suplementar esses micronutrientes. Confira!

O que são micronutrientes?

Os nutrientes são divididos entre micronutrientes e macronutrientes, sendo os dois necessários e essenciais para a manutenção do organismo.

Como o próprio nome sugere, os macronutrientes devem ser consumidos em grandes quantidades. São os carboidratos, proteínas, gorduras e fibras alimentares. Já as vitaminas e sais minerais são os micronutrientes, muito importantes para a boa nutrição, mas necessário em pequenas quantidades diárias.

Para que servem e onde encontrá-los?

Vitaminas

As vitaminas não podem ser produzidas pelo corpo, ou seja, são adquiridas exclusivamente pela dieta e podem ser encontradas na maioria das frutas, vegetais e alimentos de origem animal. Têm diversas funções, sendo fundamentais para o bom funcionamento do processo fisiológico do corpo. Veja algumas a seguir.

Vitamina A

Também conhecida como Retinol, é uma das mais importantes. Ajuda a manter uma boa visão, auxilia no crescimento dos ossos, contribui na formação dos dentes e de colágeno e tem ação antioxidante, que protege a pele e fortalece o sistema imunológico.

Pode ser encontrada preferencialmente em alimentos de cores vivas, como cenouras, mamão, batata-doce, manga, pêssego, laranja, abóbora, brócolis, espinafre, damasco, gema de ovo, fígado de boi, queijo e leite.

Vitamina C

É uma vitamina que melhora o sistema imunológico, evita o envelhecimento da pele, contribui para o crescimento e manutenção dos tecidos corporais e tecido conjuntivo, tem função cicatrizante e antioxidante, combatendo radicais livres, evita problemas oftalmológicos, ajuda na absorção de ferro, proporciona resistência aos ossos, entre outros.

Pode ser encontrada em vegetais e frutas cítricas verdes e amarelas, como laranja, caju, acerola, kiwi, morango, limão, goiaba, tomate, couve, brócolis, repolho, batata-inglesa e batata-doce.

Vitaminas do complexo B

O complexo B é formado por um conjunto de oito vitaminas:

  • B1 (tiamina);
  • B2 (riboflavina);
  • B3 (niacina);
  • B5 (ácido pantotênico);
  • B6 (piridoxina);
  • B7 (biotina);
  • B9 (ácido fólico);
  • B12 (cobalamina).

Elas trabalham em conjunto e entre diversas funções, auxiliam na formação de células musculares, ajudam a metabolizar proteínas, atuam na manutenção do sistema imunológico, circulatório e nervoso, promovem a saúde dos cabelos e da pele.

Podem ser encontradas em: peixes, crustáceos, ovos, leite, iogurte, ervilha, carnes vermelhas, alho, cebola, coração, moela, fígado, grãos, vegetais de folhas verdes, cereais integrais e leguminosas como feijão, soja, lentilha, amendoim.

Vitamina D

É um tipo de hormônio esteroide, fabricado principalmente na exposição do corpo ao sol, já que os raios ultravioleta ativam a síntese dessa vitamina. Sendo assim, o sol é responsável por cerca de 90% da vitamina que o corpo recebe. Ela ajuda na absorção de cálcio e fósforo, crescimento e resistência dos ossos, dentes, fortalecimento dos músculos e nervos.

Pode ser encontrada em alimentos de origem animal, como leite, ovos, manteiga, queijos, iogurte, peixes gordos, sardinha e atum em lata e levedo de cerveja.

Minerais

São nutrientes de origem inorgânica que desempenham funções reguladoras, contribuem para a função osmótica, no ritmo cardíaco, no metabolismo, nos estímulos nervosos e fazem parte dos ossos, dentes, músculos, sistema nervoso e células sanguíneas.

São encontrados em alimentos de origem vegetal e animal, sendo fundamentais para compor as estruturas dos ossos e dentes. Veja alguns dos principais minerais.

Cálcio

É o mineral mais abundante no organismo. Importante para a formação dos ossos e dentes, contração muscular, liberação de hormônios, coagulação sanguínea, ativação de enzimas e condução de impulsos nervosos.

Pode ser encontrado em alimentos como leite e derivados, castanhas-do-pará, amêndoas, amendoim, tofu, aveia, soja, sardinha em lata, couve, uva, gema de ovo e feijão.

Ferro

O Ferro é bom para o funcionamento do sistema imunológico e participa da formação das hemoglobinas e a mioglobina, que leva oxigênio para as células musculares. O recomendado é ingerir esse mineral com alimentos ricos em vitamina C para seu melhor aproveitamento.

Pode ser encontrado nas carnes, castanhas, vegetais verde-escuros, peixes, fígado, feijões, cereais, gema e algas.

Magnésio

É um importante sal mineral que atua na formação e manutenção de ossos e dentes, ativa reações químicas que produzem energia na célula, controla a transmissão dos impulsos nervosos e as contrações musculares, atua em atividades enzimáticas na síntese de vitamina D, entre outras funções.

Pode ser encontrado em alimentos como peixes, verduras, quiabo, cereais, pão, castanhas, soja, leite, tofu, água de coco, acelga e camarão.

Potássio

O potássio atua na manutenção do líquido intracelular, no funcionamento das células nervosas, contribui para o metabolismo, produção de energia, contração e relaxamento muscular, frequência cardíaca, aumento da elasticidade da parede das artérias, regulação da quantidade de água nas células, entre outras.

Pode ser encontrado em abacate, espinafre, banana, beterraba, amêndoa, uva-passa, frutas secas, vegetais verdes folhosos, aveia, molho de tomate, semente de girassol e batata-doce.

Por que suplementar os micronutrientes?

Como vimos, os micronutrientes são essenciais para o bom funcionamento do corpo, mas nem sempre somos capazes de consumir as quantidades ideais de vitaminas e minerais por meio da alimentação.

Por isso, hoje é possível encontrar suplementos alimentares desenvolvidos para suprir a carência de nutrientes no organismo que, geralmente, são usados como complemento da alimentação.

Além de repor e evitar possíveis deficiências nutricionais, os suplementos compostos de vitaminas e minerais fornecem energia ao corpo, melhoram a saúde e previnem doenças. É uma forma prática de obter os benefícios desses nutrientes.

Ainda dentro desse segmento, é possível encontrar suplementos como o Vivitá Cúrcuma natural e orgânico, com ação anti-inflamatória, antioxidante e que ajuda a melhorar a função cerebral e aliviar dores.

Os suplementos alimentares podem ser consumidos por pessoas de todas as idades, desde que não apresentem restrições alimentares ou alergias. Mesmo assim, é fundamental procurar a orientação de um profissional do ramo para indicar o suplemento ideal, de acordo com as necessidades de cada paciente.

Na hora de montar sua dieta, tenha em mente que o equilíbrio é essencial para conquistar uma nutrição balanceada. Sendo assim, não se esqueça de que os micronutrientes devem ser consumidos diariamente, mas em pequenas quantidades. Na dúvida, procure um nutricionista.

Gostou deste conteúdo? Então, continue a se informar em nosso blog. Veja como manter uma rotina alimentar saudável e balanceada lendo o texto sobre a importância da suplementação alimentar para a saúde?.

Powered by Rock Convert