Cúrcuma e gengibre: afinal, qual é a relação entre esse dois alimentos e que benefícios eles podem proporcionar à saúde? O objetivo desse artigo é responder a essas questões, te ajudar a entender quais são as características de cada uma dessas poderosas raízes e como elas podem te ajudar a alcançar seus objetivos de saúde e bem-estar.

O que a ciência tem a dizer sobre essas iguarias

Antes de começarmos a mostrar os benefícios que a cúrcuma e o gengibre podem trazer, vamos focar no que a ciência nos diz a respeito dessas duas iguarias, consideradas superalimentos.

A cúrcuma e o gengibre fazem parte da mesma família. Se você observar cada um deles na forma bruta, perceberá, inclusive, que ambos são muito parecidos em seu aspecto físico, pois são raízes.

Estudos indicam que o gengibre tem  propriedades que aceleram o metabolismo e causam efeito termogênico no corpo, o que pode ajudar na queima de calorias. Além disso, pesquisadores encontraram no alimento características que aumentam a ação antioxidante e protegem o nosso organismo da invasão diária de fungos e bactérias.

A cúrcuma, também conhecida como açafrão-da-terracontém uma série de elementos antioxidantes, que podem auxiliar a reduzir o risco de infecções leves ou severas e até mesmo abrandar dores.

Mas para obter esse benefícios não basta simplesmente inserir os dois produtos na alimentação. Isso porque os itens vendidos para fins culinários não trazem a medida certa para gerar resultados mais efetivos. Um caminho possível é o uso de suplementos, que são basicamente a planta encapsulada e trazem a quantidade adequada para potencializar a ação benéfica desses alimentos no corpo humano.

Os benefícios da cúrcuma e do gengibre

Apesar de da semelhança, a cúrcuma e o gengibre possuem benefícios bem diferentes. Conheças as principais características de cada um:

Gengibre

A lista de benefícios do gengibre é bem extensa.  Por meio de pesquisas já sabemos que ele tem ação bactericida, que combate bactérias e fungos. Além disso, consegue desintoxicar o nosso corpo, reduzindo as substâncias que podem provocar doenças e dificuldades de funcionamento do organismo.

Com essas pesquisas foi descoberto também que o gengibre atua nos sistemas digestivo, circulatório e respiratório, além de acelerar o metabolismo. O gengibre é um tempero e possui um sabor muito forte, o que pode não agradar o paladar de alguns, principalmente por causa da quantidade que deve ser ingerida para a obteção de benefícios.

Cúrcuma

A lista de vantagens de incluir essa raiz na dieta é bem grande e pode te surpreender. Cientístas identificaram que a principal característica da cúrcuma é a sua ação anti-inflamatória, causada pela curcumina,

Os processos de inflamação são responsáveis por diversos males que atingem o corpo humano. Eles são responsáveis por desencadear problemas simples, como gripes ou resfriados e até mesmo casos severos de câncer. O consumo da cúrcuma, de acordo com estudos, pode ajudar a criar uma espécie de blindagem e proteger o organismo.

Por meio do suplemento de cúrcuma, rico em curcumina, é possível alcançar as quantidades mais adequadas para esse processo.

Mas, os benefícios de consumir o suplemento dessa pequena raiz não param por aí. Assim como o gengibre,  a cúrcuma pode contribuir  para a produção de elementos antioxidantes, responsáveis por retardar o processo de envelhecimento das células dos órgãos do corpo.

O bom funcionamento e a saúde desses órgãos é essencial para a manutenção da qualidade de vida em todas as idades. Com células em bom estado é possível driblar problemas como dores crônicas e inflamações musculares e mellhorar a mobilidade, até mesmo na terceira idade.

Praticantes de atividade física também podem se beneficiar com o uso da cúrcuma. Isso porque, estudos e evidências mostram que a curcumina também auxilia na recuperação muscular, deixando o processo de síntese proteica livre de substâncias impeditivas.

Como utilizar esses alimentos

Tanto pelo sabor quanto pela quantidade apropriada, a forma mais apropriada de utilizar esses poderosos ingredientes e estimular a obtenção dos benefícios à saúde é como suplementos encapsulados. Muitas pessoas podem não se adaptar ao sabor forte e marcante que as raízes apresentam em sua forma bruta ou em pó, quando usadas para temperos e sucos, por exemplo.

Outro fator muito importante é a quantidade a ser consumida. Geralmente, para obter todos os benefícios que mencionamos, é necessário consumir uma quantidade muito grande de cúrcuma e gengibre. Em fórmula de cápsula essa medida já vem adequada.

É preciso atenção também à procedência dos produtos processados adquiridos no mercado, que podem apresentar elementos como conservantes e corantes. 

Em cápsulas, o produto apresenta a quantidade mais adequada de nutrientes extraídos unicamente da planta. Além disso, você saberá exatamente quanto do suplemento será consumido ao longo do dia.

Perda de Peso

Além de todos os benefícios já citados, existem estudos que indicam que a cúrcuma também pode auxiliar no processo de emagrecimento. Isso ocorre porque esse alimento, além de ajudar a acelerar o metabolismo, melhora a eliminção de substâncias tóxicas que prejudicam a queima de gordura, deixando o processo metabólico mais ágil e eficiente.

Gostou do artigo de hoje? Quer conhecer mais sobre a cúrcuma em forma de suplemento? Então, entre em contato conosco. Temos uma equipe especializada e pronta para atendê-lo.