Você sabe quais são os principais exercícios para dores? Simples movimentos que, em alguns casos, utilizam apenas o peso do seu próprio corpo, são capazes de reduzir ou acabar com muitas das dores crônicas que nos acometem ao longo do tempo. Além disso, eles servem como uma forma de fortalecer o corpo para prevenir esse tipo de problema.

Neste post vamos mostrar 6 exercícios para dores que vão mudar o seu dia a dia. Então, acompanhe-nos nessa leitura, veja quais são e como eles podem auxiliá-lo a combater as dores!

1. Pilates

O Pilates é um exemplo de exercício realizado apenas com o peso do seu próprio corpo e alguns acessórios. Basicamente, consiste em uma série de movimentos que exercem certa força sobre a musculatura, obrigando você a controlar os seus músculos.

Isso contribui para que eles sejam fortalecidos com o passar do tempo. Consequentemente, isso reduz possíveis dores e até previne seu aparecimento quando a idade ficar mais avançada.

Os exercícios do Pilates são realizados em estúdios especializados. Os movimentos devem ser executados com o máximo de qualidade, em vez de quantidade. E, geralmente, seus praticantes saem revigorados após uma sessão.

Outra característica interessante do Pilates é que as atividades são focadas no equilíbrio, assim, nenhum grupo muscular fica sobrecarregado. Dessa forma, evita-se que você fortaleça mais uma parte corpo do que outra, o que também pode ocasionar problemas.

2. Alongamento

Os alongamentos são bem conhecidos, afinal, tratam-se de exercícios antigos que ainda são repetidos até hoje. Eles são tão eficazes e importantes que os atletas jamais praticam esporte sem antes dedicar um tempo para se alongar.

Agora, você deve estar se perguntando: como e por que eles influenciam a redução e a prevenção de dores articulares ou dores no ciático, por exemplo? Bom, para tanto, vamos explicar um pouco mais sobre os seus efeitos no corpo.

Esses exercícios trabalham a elasticidade muscular, fazendo com que os músculos fiquem mais flexíveis e suportem melhor a movimentação do dia a dia. A falta de alongamento é o que os endurece, deixando-os mais suscetíveis a lesões.

3. Natação

A natação proporciona muitos benefícios, desde o auxílio no emagrecimento, o fortalecimento do sistema respiratório até o combate a dores.

Isso porque esse esporte é capaz de fortalecer a musculatura, deixando os indivíduos menos propensos a sentirem incômodos pelo corpo, principalmente nos músculos.

Além disso, assim como o Pilates, a natação também aumenta a flexibilidade muscular, dificultando que pequenas lesões causadas no dia a dia impactem os seus músculos e os faça inflamar e, consequentemente, doer.

Por fim, é um esporte que qualquer pessoa pode realizar, independentemente da idade ou do condicionamento físico. Afinal, trata-se de uma atividade em que o peso do corpo deve apenas vencer a resistência da água para se locomover dentro da piscina. Portanto, não existe sobrecarga que impeça a sua prática, ok?

4. Hidroginástica

Para quem não é muito fã de praticar esportes, a hidroginástica pode ser uma excelente saída. Os benefícios relacionados à redução e à prevenção de dores são muito parecidos com os da natação.

A grande diferença é que essa atividade física é mais descontraída e pode ser realizada na companhia de outras pessoas, o que gera maior interação entre elas e as motiva à prática do exercício.

Se você é jovem e sofre com esse problema, não se engane. A hidroginástica não é destinada apenas à terceira idade; ela também pode ajudar pessoas mais novas a cuidarem do seu bem-estar, certo?

5. Abdominal

Os abdominais são excelentes para quem sente dores na região do abdômen e da lombar inferior. Esses exercícios fortalecem a musculatura dessas regiões, deixando-as mais resistentes a possíveis lesões que você venha sofrer.

Eles também influenciam positivamente a saúde da sua coluna, tendo em vista que, em um segundo plano, também fortalecem um pouco essa área do nosso corpo e favorecem a prevenção e a diminuição desse mal.

6. Musculação

Por fim, temos a boa e velha musculação. Muitas pessoas acreditam que essa atividade física é válida apenas para aquelas pessoas que desejam ter corpos sarados, participar de competições ou deixar a sua musculatura grande e bem definida.

Apesar de muitos desejarem esses resultados e, após anos de dedicação, conseguirem alcançá-los, a musculação não serve apenas para esse objetivo, visto que também pode ser um forte aliado para a sua saúde. Isso porque você trabalha seus músculos com sobrecargas de peso, forçando-os a se fortalecerem para resistir aos pesos em excesso.

Não estamos defendendo que você vá à academia para levantar halteres e barras pesadas, viu? O que queremos explicar é que todo peso levantado será um acréscimo para a sua musculatura, já acostumada apenas ao seu peso corporal. Portanto, conte com a ajuda de um profissional para saber exatamente quanto peso deve colocar em cada um dos exercícios.

Ao fortalecer sua musculatura por meio da musculação, você se blinda das dores que acometem as várias partes do corpo. Além disso, poderá gozar dos outros benefícios dessa prática.

Para terminar, é importante lembrar que todos os exercícios mencionados neste artigo devem ser realizados com a supervisão de um profissional da área, certo? Assim, você evita que uma tentativa de reduzir seu problema o aumente ainda mais devido à má execução de alguns movimentos.

Também é necessário aliar a prática esportiva a uma alimentação saudável e rica em produtos naturais, que podem proporcionar uma providencial ajuda ao seu corpo. Um deles é o suplemento de Cúrcuma.

Ficou mais animado? Então, agora é com você! Escolha uma modalidade ou algum tipo de exercício para dores mencionados neste artigo e comece a praticar hoje mesmo. Com o passar das semanas, já será possível notar uma pequena melhora e, com o passar dos dias, ela vai aumentar gradativamente. E não se esqueça de consultar seu médico regularmente, combinado? Isso é importante para verificar se você está apto para realizar os exercícios para dores com segurança.

Gostou deste artigo? Aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais! Assim, outras pessoas também poderão conhecer esses 6 exercícios que mudarão o dia a dia!