De maneira geral, todos os alimentos que consumimos geram e consomem energia ao serem digeridos pelo corpo. Contudo, o potencial dos alimentos termogênicos é ainda maior.

Nosso corpo precisa de energia para que continue funcionando e mantenha as suas funções orgânicas a pleno vapor, para isso consumimos calorias diariamente. No entanto, se não forem gastas, essas calorias podem virar gordura. Os termogênicos usam mais energia para o processo de digestão e aumentam a taxa de gasto calórico, ajudando no processo de emagrecimento mesmo quando você não está praticando exercícios.

Pensando nisso, vamos apresentar os melhores alimentos termogênicos para que você consiga emagrecer de forma saudável, com alimentos naturais. Acompanhe a leitura!

O que são os alimentos termogênicos

Os termogênicos são conhecidos popularmente como queimadores de gordura. Essa nomenclatura se deve ao fato de que, quando consumidos, eles aumentam a temperatura do nosso corpo e ajudam a acelerar o metabolismo.

Por serem digeridos mais lentamente pelo corpo, esses alimentos dispensam mais quantidade de energia para que a digestão seja processada. Ou seja, eles ajudam a queima da gordura e o elevam o gasto energético em cerca de 10%.

Além do benefício no emagrecimento, os termogênicos têm muitas outras propriedades medicinais: melhoram a circulação sanguínea, facilitam o processo de digestão e ajudam a prevenir o câncer de cólon e ovário.

Confira os 7 melhores alimentos termogênicos

1. Pimenta vermelha

A pimenta vermelha aumenta em cerca de 20%  a velocidade do processo metabólico. Ela é rica em fibras e carboidratos e é composta de capsaicina, que atua no sistema nervoso ajudando a diminuir o apetite.

Além disso, a pimenta vermelha contém substâncias que estimulam a liberação de endorfina, hormônio responsável pelo bem-estar.

Recomenda-se o consumo moderado de 3 gramas por dia, já que grandes quantidades podem causar irritação no sistema intestinal.

Ela também gera outros benefícios para o corpo:

  • protege o sistema cardiovascular;
  • ajuda a controlar os níveis de colesterol;
  • tem ação anti-inflamatória;
  • ajuda a fortalecer a imunidade;
  • melhora a ação do sistema digestivo.

2. Canela

A canela atua controlando os níveis do açúcar no sangue, fazendo com que o corpo tenha que armazenar menos quantidade de gordura. Por isso, além de atuar no emagrecimento, ela também é indicada para pessoas que sofrem de diabetes.

Veja outros benefícios da canela:

  • ajuda a regular a taxa de glicemia no sangue e controlar o diabetes;
  • reduz o nível do mal colesterol;
  • diminui as taxas de triglicérides;
  • previne resfriados;
  • fortifica o sistema imunológico;
  • tem antioxidante que ajuda a retardar os efeitos do envelhecimento.

Contudo, a canela não é aconselhada para crianças ainda em período de amamentação e para gestanteso. Isso acontece pelo fato de que o consumo desse mantimento induzir as contrações uterinas.

O seu consumo também deve ser evitado por pessoas hipertensas ou que apresentam problemas no fígado ou nos rins. O seu consumo deve ser de até 6 gramas por dia.

3. Açafrão

O açafrão, também chamado de cúrcuma, ajuda a equilibrar o açúcar no sangue e atua no processo de quebra da gordura. Além de ser consumido como tempero, também pode ser ingerido por meio oral em forma de cápsulas diárias.

Isso acontece porque esse condimento atua como um anti-inflamatório, limpando as células e interrompendo as moléculas no procedimento de formação de tecido gorduroso. Assim, ele ajuda a limpar e a varrer as toxinas que estão presentes no organismo, além de diminuir as inflamações dispostas como gorduras e até celulite.

Ou seja, o açafrão atua “varrendo” o açúcar do sangue e o “lixo” acumulados nas células.

Estudos afirmam que o açafrão atua combatendo outras doenças, como o Mal de Parkinson e o Alzheimer. O consumo recomendado é de, no máximo, 3 gramas por dia.

4. Chá-verde

O chá-verde é feito por meio da infusão da planta Camellia sinensis. As suas folhas são colocados sobre o vapor e sofrem um processo de infusão, sofrendo pouca oxidação e conservando os nutrientes.

Veja alguns benefícios do chá-verde:

  • acelera o metabolismo;
  • estimula as enzimas responsáveis pelo metabolismo das gorduras;
  • atua na prevenção de diabetes e hipertensão;
  • aumenta a sensação de saciedade e diminui o apetite;
  • tem efeito antioxidante;
  • tem potencial de prevenir o câncer de mama;
  • diminui o colesterol ruim;
  • ajuda o sistema imunológico.

5. Gengibre

O gengibre é uma raiz que contém substâncias termogênicas, como o gingerol, que aumentam o nível do calor corpóreo e aceleram o nível do metabolismo. Assim, o gasto calórico pode aumentar em até 10%.

O gengibre é considerado uma planta medicinal, muito usada para temperar sopas e saladas. Também pode ser consumido como suco detox e até mesmo em forma de chá.

Não existe uma quantidade formalmente recomendada para o consumo. No entanto, alguns nutricionistas estimam que o consumo ideal é de 2 a 4 gramas por dia — o equivalente a 2 colheres de chá ou 2 porções de 3cm desse alimento.

Veja a seguir alguns benefícios do gengibre:

  • tem ação anticoagulante e vasodilatadora;
  • auxilia no processo digestivo;
  • ajuda a tratar problemas circulatórios;
  • ajuda a prevenir inflamações;
  • fortalece o sistema imunológico e previne resfriados e dores de garganta.

6. Vinagre de maçã

O vinagre de maçã é feito por qualquer tipo de alimento que contenha açúcar, como frutas, arroz, vinho, milho etc.

Ele contém uma substância conhecida como ácido acético, que atua inibindo a absorção de amidos e de açúcar pelo corpo. Assim, quando as enzimas são bloqueadas pelo ácido acético, os carboidratos não são armazenados e passam diretamente pelo sistema digestivo — ou seja, as calorias são eliminadas pelo corpo.

É recomendado ingerir vinagre de maçã momentos antes das principais refeições para diminuir ou afastar as chances de picos de açúcar.

Além disso, o vinagre de maçã:

  • tem ação antioxidante;
  • atua protegendo o fígado;
  • previne o diabetes e outras doenças;
  • diminui as câimbras;
  • ajuda a tratar problemas circulatórios;
  • fortalece as articulações.

7. Cravo-da-índia

O cravo-da-índia, além de ser um excelente termogênico, tem propriedades medicinais e tem uma ótima função antioxidante. Ele pode ser consumido naturalmente ou sob a forma de óleo, combatendo gases. O melhor de tudo: é facilmente encontrado em supermercados e farmácias.

Veja outras funções do cravo-da-índia:

  • fonte de vitamina A e E;
  • função antisséptica, antifúngica e antibacteriana;
  • atua como cicatrizante;
  • ajuda a reduzir e evitar a inflamação do organismo etc.

Os alimentos termogênicos são ótimos aliados para quem quer emagrecer com saúde. Contudo, eles são apenas auxiliares no processo de emagrecimento. Aliado a eles, deve ser adotada uma dieta saudável e balanceada, de preferência sem carboidratos processados, industrializados e outros tipos de alimentos que podem prejudicar o corpo.

Além disso, você deve praticar atividades físicas regularmente para afastar o sedentarismo e fazer com que seu organismo se mantenha com vigor e saudável.

O consumo desses alimentos deve ser feito com moderação. Procure sempre a ajuda de um profissional capacitado para que ele avalie o seu caso e forneça as instruções adequadas.

Este artigo foi útil? Então compartilhe-o nas redes sociais — Facebook, Youtube e Instagram — para que seus amigos também conheçam os benefícios dos alimentos termogênicos!